Notícias

Tarcísio Freitas critica prisão de Jefferson: ‘precedente perigoso’

Ministro questionou postura do STF

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, foi mais uma das diversas autoridades que condenaram a decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, em prender o ex-deputado federal Roberto Jefferson. O presidente nacional do PTB foi preso na manhã desta sexta-feira (13) por causa de suas declarações contra o STF, no chamado inquérito das milícias digitais.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, Tarcísio questionou a conduta do STF.

– Me preocupa como brasileiro, tem um litígio entre poderes que não é bom. Na pretensão de defender a democracia, medidas heterodoxas estão sendo tomadas, inconsistentes com a jurisprudência do próprio tribunal – iniciou sua fala.

Em seguida, o ministro apontou que a Corte “está perdendo o controle” e que “um precedente perigoso” está sendo criado.

– Qual é o limite disso? Quem pode criticar? Qual é o limite da liberdade de expressão? Principalmente quando estamos falando de deputados, jornalistas. Como é que isso para? Me parece algo que está perdendo o controle. Está se criando um precedente perigoso. A gente tem que pensar se esse caminho é bom, e eu acho que não é – declarou.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

Por Favor, ajude-nos a manter esse site no ar. Retire o bloqueador de anúncios.