NotíciasPolítica

Com apoio de Michelle, Damares Alves será candidata ao Senado

Ex-ministra afirmou que a primeira-dama terá uma participação forte em sua campanha

A ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos Damares Alves (Republicanos) anunciou, nesta sexta-feira (5), que será candidata ao Senado pelo Distrito Federal. A candidatura de Damares foi endossada pela primeira-dama Michelle Bolsonaro, que compareceu ao evento do Republicanos no qual a participação de Damares no pleito deste ano foi oficializada.

Damares será candidata em chapa avulsa e enfrentará nas urnas a ex-ministra Flávia Arruda, representante do PL na disputa. Em evento em Brasília nesta sexta, a ex-ministra falou sobre a influência do presidente Jair Bolsonaro na disputa pelo Senado e afirmou que o chefe do Executivo não vai se envolver na campanha local.

– Tanto eu como a Flávia não seríamos irresponsáveis de colocar o presidente da República na parede. O presidente tem que cuidar da campanha dele. Ele tem que ganhar a eleição. Então, o presidente da República não vai se envolver na campanha local. Não vai – declarou.

Ainda de acordo com Damares, a primeira-dama Michelle Bolsonaro terá papel ativo na campanha.

– Nós queremos fazer uma bancada pró-vida no Senado Federal. E ela com certeza vem. Vem para apoiar, vem para ajudar, vem para pedir voto. Vem para estar comigo – disse.

A ex-ministra também disse respeitar Flávia, mas que “vai para a disputa”.

– Eu entendo que a população do DF precisa ter uma outra proposta (…). Vai ganhar quem tiver mais voto. E digo para vocês: quem vai ganhar sou eu – pontuou.

Damares ainda revelou não ter conversado com Flávia, mas afirmou que Bolsonaro já sabe da sua candidatura.

– O presidente quando soube que eu voltei para o páreo, disse simplesmente: “Tudo bem, apoio; seja o resultado que as urnas desejarem” – completou.

O Republicanos queria lançar Damares ao Senado numa chapa com o senador Reguffe (União Brasil), mas o parlamentar não foi oficializado por seu partido como candidato ao governo do Distrito Federal. Diante disso, o presidente regional do Republicanos, Wanderley Tavares, procurou o governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), e fechou a aliança em torno da reeleição do emedebista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

Por Favor, ajude-nos a manter esse site no ar. Retire o bloqueador de anúncios.