Psol perde e Justiça libera homenagem a Michelle Bolsonaro no Theatro Municipal de São Paulo

Cerimônia não vai gerar gastos extras à prefeitura, segundo o Tribunal de Justiça do Estado
Primeira Dama Michelle Bolsonaro E O Presidente Jair Bolsonaro Foto,PR,Carolina Antunes Primeira Dama Michelle Bolsonaro E O Presidente Jair Bolsonaro Foto,PR,Carolina Antunes
Primeira Dama Michelle Bolsonaro E O Presidente Jair Bolsonaro Foto,PR,Carolina Antunes

Cerimônia não vai gerar gastos extras à prefeitura, segundo o Tribunal de Justiça do Estado

Nesta quarta-feira, 20, a Justiça paulista recusou uma solicitação da deputada federal Erika Hilton (Psol-SP) que visava impedir a cerimônia de concessão do título de cidadã paulistana à ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro. A cerimônia ocorrerá no Theatro Municipal, situado no centro de São Paulo.

A magistrada Paula Micheletto Cometti, que atua na 12ª Vara de Fazenda Pública do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), declarou que não existem evidências de que a cerimônia vai resultar em despesas adicionais para a prefeitura da cidade.

De acordo com a psolista, o evento apresentaria características “políticas e eleitorais”, uma vez que Ricardo Nunes (MDB), atual prefeito de São Paulo e apoiado por (PL), ex-presidente e esposo de Michelle, é um pré-candidato à reeleição.

Ricardo Nunes não vê problema em ceder o espaço para a homenagem a Michelle Bolsonaro

Segundo o time de Ricardo Nunes, a concessão do Theatro Municipal para o evento não acarretará custos, “em face do requisitante ser um ente público”. A cerimônia de entrega da honraria está agendada para a próxima segunda-feira, dia 25.

A solicitação para a utilização do teatro foi realizada pelo vereador Rinaldi Digilio (União Brasil), proponente do projeto que presta homenagem a Michelle Bolsonaro. O pedido foi aceito pela administração do Theatro, devido à “disponibilidade do espaço”.

“Não há excepcionalidade nesse caso, uma vez que é normal a cessão de espaço para eventos de órgãos públicos”, afirma a gestão municipal. “Os espaços do Complexo Theatro Municipal já foram utilizados para realização de eventos de interesse de diversos órgãos públicos em diferentes esferas.”

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou o decreto legislativo que concede a honraria a Michelle em novembro do ano passado. As informações são da Revista Oeste.


Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *