Notícias

Bolsonaro critica CPI e afirma que Renan e Aziz têm ‘recorde de inquéritos e passagens pela polícia’

‘Não vão achar nada. Nada fizemos pensando em em ganhar dinheiro em cima de quem estava apavorado’, disse o presidente

O presidente Jair Bolsonaro aproveitou sua live semanal nas redes sociais, na noite desta quinta-feira, 21, para criticar o comando da CPI da Covid, em especial o relator da comissão, Renan Calheiros (MDB-AL), que nesta semana leu seu parecer final sobre as investigações do colegiado. O presidente da República está entre os alvos de pedidos de indiciamento por parte do relator.

Segundo Bolsonaro, os trabalhos da CPI “não ajudaram em nada”. “Tomaram o tempo, tomaram dois dias integrais do ministro [Marcelo] Queiroga. Não foram buscar onde existia corrupção, o Consórcio do Nordeste”, afirmou Bolsonaro. “Renan tem que defender os seus. Omar Aziz [presidente da CPI] também. Essa dupla tem recorde de inquéritos e passagens pela polícia desviando recurso público.” 

Bolsonaro voltou a dizer que, depois de mais de dois anos e meio, seu governo não tem escândalos de corrupção, que predominavam nas gestões do PT. “Não é que não acharam. Não vão achar nada. Nada fizemos pensando em corrupção, em ganhar dinheiro em cima de quem estava apavorado com a covid”, afirmou Bolsonaro.

“Me acusam de 11 crimes. Não vou discutir uma historinha de fantasia desses caras. Parece até a Comissão da Verdade do PT no passado. Um festival de baboseiras desses três ‘irmãos’: Renan Calheiros, Omar Aziz e Randolfe Rodrigues”, completou o presidente.

Em seu relatório, na verdade, Renan acusou Bolsonaro de ter cometido dez crimes: epidemia com resultado de morte, infração de medida sanitária, incitação ao crime, falsificação de documento particular, emprego irregular de verbas públicas, prevaricação, crimes contra a humanidade, crimes de responsabilidade, violação de direito social e incompatibilidade com o decoro do cargo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

Por Favor, ajude-nos a manter esse site no ar. Retire o bloqueador de anúncios.