NotíciasPolítica

Tabata vê ‘hipocrisia’ no silêncio de feministas sobre Zé de Abreu

Ator compartilhou post que incentiva agressão física contra a deputada

A deputada federal Tabata Amaral (PSB) lamentou o silêncio das feministas acerca dos ataques sofridos por ela por parte do ator José de Abreu. Em entrevista à revista Veja, a parlamentar apontou “hipocrisia” na sororidade seletiva.

– Fico triste por ver que pessoas que se apresentam como feministas e que dizem lutar contra o machismo e a violência de gênero se calaram completamente, seja porque não gostam de mim seja porque gostam do Zé de Abreu. Isso é muita hipocrisia – afirmou.

José de Abreu compartilhou no sábado (18) um tuíte incitando agressões físicas contra Tabata.

– Se eu encontro na rua, soco até ser preso – dizia a publicação retuitada pelo ator, que posteriormente foi apagada.

Após a repercussão, o ator alegou que não estava incitando ameaça contra a parlamentar, mas apenas compartilhando o fato.

Na entrevista à Veja, Tabata disse que já está tomando as ações judiciais cabíveis contra Abreu.

– O intuito dessas mensagens de ódio e ameaças tão violentas e agressivas é fazer com que eu tenha medo e deixe de defender aquilo que eu acredito. Me indigna ver que moramos em um país onde se tolera que uma pessoa com meio milhão de seguidores propague uma ameaça de agressão física a uma mulher, independentemente de quem seja – assinalou.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

Por Favor, ajude-nos a manter esse site no ar. Retire o bloqueador de anúncios.