Notícias

STF: Moraes manda e Twitter ‘censura’ perfil de Otoni de Paula

Rede social atendeu a uma decisão do ministro do STF e bloqueou o perfil do deputado federal

Neste sábado (21), seguidores do deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) que entraram na conta do Twitter do parlamentar tiveram uma “surpresa”. Por decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), a conta foi bloqueada.

Otoni é um dos investigados por Moraes por criticar o STF e supostamente promover atos anti-democráticos. Nesta sexta-feira (20), o deputado e outros investigados foram alvos de uma operação da Polícia Federal (PF) após solicitação da Procuradoria-Geral da República (PGR).

O pedido de bloqueio da rede social do parlamentar também foi feito pela PGR. Moraes determinou a “expedição de ofício às empresas responsáveis por redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter, Youtube) para que procedam ao bloqueio imediato dos perfis de titularidade dos requeridos, a serem indicados pela Procuradoria Geral da República e pela autoridade policial“.

Até às 15h deste sábado, apenas o perfil do Twitter do deputado foi bloqueado.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

Por Favor, ajude-nos a manter esse site no ar. Retire o bloqueador de anúncios.