NotíciasPolítica

Silas Malafaia chama petista de ladrão e desafia: “Me processa!”

Pastor criticou o ex-ministro Carlos Gabas

O pastor Silas Malafaia publicou nesta segunda-feira (6) um vídeo de seu discurso na cerimônia de assinatura da concessão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste, na Bahia. O evento ocorreu na última sexta-feira (3) e Malafaia comentou sobre os supostos desvios feitos por governadores da verba liberada pelo Governo Federal para a construção de hospitais de campanha para a Covid-19.

Na ocasião, ele chamou o petista Carlos Gabas, ministro da Previdência Social durante o governo de Dilma Rousseff, de ladrão e o desafiou a processá-lo.

– O governador da Bahia nomeou um ladrão chamado Carlos Gabas. Me processa, vagabundo! Sabe o que esse cara fez? [Ele] comprou R$ 49 milhões, e pagou à vista, de respiradores numa empresa de maconha. Os respiradores nunca chegaram. Vocês já pensaram quantos baianos e nordestinos morreram por causa de um vagabundo, canalha desses? – questionou.

Malafaia se referiu à compra de 300 ventiladores clínicos de UTI pelo Consórcio Nordeste junto à empresa Hempcare, fabricante de um óleo curativo feito à base de canabidiol, substância encontrada na maconha. O presidente Jair Bolsonaro também discursou no evento.

– O Estado é laico, mas o presidente é cristão – disse Bolsonaro durante a cerimônia.

A convocação de Gabas para a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 chegou a ser cogitada para explicar o ocorrido, mas foi rejeitada por seis votos a quatro. O fato também foi lembrado por Malafaia.

– A CPI da safadeza protege esse vagabundo, porque a casa cai de governador e de gente aqui, do Nordeste. Depois, quer acusar o presidente dizendo que ele não fez nada pela pandemia. Vamos parar com isso – criticou.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

Por Favor, ajude-nos a manter esse site no ar. Retire o bloqueador de anúncios.