“Se O Diabo É O Pai Da Mentira, O Lula É O Avô”, Diz Nikolas Ao Criticar Tributação De Carnes

Deputado Nikolas Ferreira critica proposta de tributação das carnes e defende manutenção de redução de impostos
Deputado Nikolas Ferreira Deputado Nikolas Ferreira
(ZECA RIBEIRO/CÂMARA DOS DEPUTADOS)

Deputado Nikolas Ferreira critica proposta de tributação das carnes e defende manutenção de redução de impostos

Na quarta-feira passada (10), , deputado federal pelo PL-MG, expressou seu descontentamento com a sugestão de taxação das carnes que está sendo debatida no plenário. O congressista enfatizou a continuação da redução de 60% na taxa do “Contribuição sobre Bens e Serviços” (CBS) e do “Imposto sobre Bens e Serviços” (IBS), como avaliado no texto legislativo.

“É inacreditável que esse cara continue enganando as pessoas aqui no nosso país. Eu espero sinceramente que os cidadãos que estão sentindo no bolso, já que muitos votam com o estômago, parem de cair na conversa desse indivíduo. Se o Diabo é o pai da mentira, o é o avô”, declarou Nikolas durante sua intervenção no plenário.

Além de criticar a taxação sobre as carnes, Nikolas também discutiu outros aspectos da proposta original que o Ministério da Fazenda apresentou à Casa Baixa em 24 de abril. Ele apontou a falta da prometida isenção total e questionou alterações recentes, como a remoção da carne da cesta básica após movimentos para sua inclusão no começo do ano.

“Nós tivemos uma campanha no início do ano promovendo a inclusão da carne na cesta básica. Agora eles enviaram a proposta sem a carne na cesta básica, como se a publicidade inicial não tivesse mais importância. Até a cerveja, que poderia contribuir para o fim de conflitos como na Ucrânia, será agora taxada”, concluiu Nikolas, encerrando suas observações sobre o tema controverso em debate no plenário.


Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *