MundoNotíciasPolíticaPolítica

ONU vê indícios de que Coreia do Norte reiniciou reator nuclear

Agência Internacional de Energia Atômica classificou informação como ‘altamente preocupante’

A Agência Internacional de Energia Atômica (Aiea), ligada à Organização das Nações (ONU), emitiu nesta segunda-feira, 30, um alerta a respeito do programa nuclear da Coreia do Norte. Segundo o órgão, o regime do ditador Kim Jong-un pode ter reiniciado o reator nuclear de Yongbyon.

“Desde o início de julho, há indícios, incluindo a descarga de água de resfriamento, consistentes com o funcionamento do reator”, informou a agência em seu relatório anual, registra a France-Presse. De acordo com a Aiea, trata-se de uma informação “altamente preocupante” e que indicaria uma expansão do programa armamentista norte-coreano.

Em 2019, Kim Jong-un chegou a admitir o fechamento de parte do complexo de Yongbyon, durante reunião com o então presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, desde que fossem derrubadas sanções econômicas impostas à Coreia do Norte. A oferta foi rejeitada.

Ainda segundo o relatório da agência, o reator parecia inativo desde 2018, mas há sinais de que teria sido reiniciado recentemente, o que configuraria “clara violação” das resoluções da ONU.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

Por Favor, ajude-nos a manter esse site no ar. Retire o bloqueador de anúncios.