Moraes determina prisão de envolvido no 8/1 que se recuperava de cirurgia

Com crises de depressão e pânico, homem descumpriu medida cautelar, mas afirma ter se arrependido do ato
O Ex Servidor Público Marcio Rodrigues, De 44 Anos, Com Familiares Em Porto Velho O Ex Servidor Público Marcio Rodrigues, De 44 Anos, Com Familiares Em Porto Velho
O ex-servidor público Marcio Rodrigues, de 44 anos, com familiares em Porto Velho (RO) | Foto: Reprodução/Facebook

Com crises de depressão e pânico, homem descumpriu medida cautelar, mas afirma ter se arrependido do ato

Marcio Rodrigues, um ex-servidor de 44 anos que estava se recuperando de uma cirurgia de tornozelo fraturado, foi pego de surpresa por agentes da Polícia Federal (PF) em sua porta na manhã de 25 de abril. Eles estavam lá para cumprir uma ordem do ministro Alexandre de Moraes.

De acordo com a ordem emitida pelo juiz do Supremo Tribunal Federal (STF), Rodrigues violou uma medida cautelar ao postar um vídeo no Twitter/X.

No post onde etiquetou o proprietário do X, Elon Musk, o indivíduo se identificou como um prisioneiro político e solicitou auxílio contra a “condenação de pessoas inocentes”.

Na solicitação encaminhada ao STF, Jeanne Franco, representante legal de Rodrigues, alegou que o seu cliente “vem atravessando crises de ansiedade, depressão e síndrome do pânico”. A advogada também destacou que a publicação teve somente um like e 17 acessos.

Segundo Jeanne, o quadro clínico delicado, além das dificuldades financeiras em virtude da demissão, motivou o homem a fazer o post. “O quadro de saúde do acusado oscila, motivo que o levou a cometer o erro de descumprimento da medida cautelar referente ao uso de redes sociais”, observou a defesa. “Cumpre salientar que Rodrigues está ciente do erro cometido e que se arrepende.”

A advogada expressou preocupação com a condição de saúde de Rodrigues. Sua inquietação se deve ao fato de que a penitenciária onde o ex-funcionário está alojado não possui as facilidades necessárias para lidar com o procedimento médico ao qual ele foi submetido. Rodrigues reside na Casa de Detenção José Mário Alves da Silva, localizada em Porto Velho (RO). Famosa como “Urso Branco”, a unidade é uma das mais violentas do Estado. “Está em risco de perder o pé por falta de atendimento médico e fisioterapia no presídio”, afirmou Jeanne.

Quem é o homem preso por Alexandre de Moraes?

Rodrigues, que foi dispensado do seu cargo na Prefeitura de Porto Velho devido ao seu envolvimento no evento de 8 de janeiro, está enfrentando desafios para manter seus dois filhos, um de 14 anos e outro de 18. Suas dificuldades financeiras o obrigaram a retornar e viver com seus pais.

Atualmente, os filhos ficam com os avós e com a mãe, de quem Rodrigues é separado.

Em 9 de janeiro, o homem foi preso pela polícia no acampamento localizado em frente ao Quartel-General do Exército de Brasília, não tendo sequer chegado à Praça dos Três Poderes. Conseguiu liberdade condicional em 11 de maio de 2023 e, desde então, cumpria as medidas judiciais, conforme relatou sua advogada. As informações são da Revista Oeste.


1 comments
  1. MUITAS PESSOAS INOCENTES FORAM PRESAS, PORQUE ESTAVAM LÁ, LUTANDO PELO QUE ACHAM JUSTO.
    MAS O LIDER DO STF, VAI TAMBÉM PRESTAR CONTAS A DEUS, O ONIPOTENTE.
    E PORQUÊ ELE DEIXA O LULA SOLTO?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *