NotíciasPolítica

Malafaia protesta contra decreto assinado por governador de PE

‘Essa gente da esquerda tem acordo com o Partido Comunista Chinês’, disse o pastor

Nesta terça-feira (28), o pastor Silas Malafaia usou as redes sociais para divulgar um vídeo no qual critica um decreto sancionado pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), que torna obrigatória a vacinação ou o resultado negativo para Covid-19, em igrejas com mais de 300 pessoas. A medida foi sancionada na segunda-feira (27).

Segundo Malafaia, a o decreto é uma “maneira de perseguir cristãos burlando a Constituição”.

– É uma vergonha, uma safadeza! Esse governador inescrupuloso de Pernambuco, Paulo Câmara, faz uma verdadeira perseguição religiosa. […] Esse inescrupuloso baixou um decreto que você tem que mostrar um comprovante de vacinação ou, se você ainda não foi vacinado duas vezes, comprovar que não está com Covid para poder participar de um culto. […] Alguém é obrigado a mostrar esses comprovantes para entrar em um shopping, em Pernambuco? Não. Para entrar em banco? Não. Para entrar em ônibus? Não. E outra, vai ver a calamidade que é a saúde no estado de Pernambuco e vai ver se o governo do estado consegue dar comprovante de que a pessoa não está com Covid, em 48 horas. É uma safadeza – protestou o pastor.

Malafaia disse ainda “essa gente da esquerda” têm acordo com o Partido Comunista chinês.

– Vai ver o que esses governadores do PT, PSB, PDT fizeram na pandemia. É uma vergonha, uma verdadeira perseguição religiosa! Não tem amparo constitucional para isso. É ferir a liberdade de culto. Nós vamos dar uma resposta a essa gente nas eleições do ano que vem. Essa gente da esquerda tem acordo com o Partido Comunista chinês, que prende cristãos, que fecha igrejas. Essa gente odeia os cristãos e a religião.


Publicação do religioso Foto, Reprodução,Twitter

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

Por Favor, ajude-nos a manter esse site no ar. Retire o bloqueador de anúncios.