Notícias

Justiça de SP arquiva inquérito de peculato contra Da Cunha

Delegado era acusado de apropriação de bens públicos por supostamente usar a estrutura da polícia para gravar vídeos

A Justiça de São Paulo arquivou, a pedido do Ministério Público, um inquérito que investigava uma possível prática de peculato pelo delegado afastado Carlos Alberto da Cunha, por supostamente ele usar a estrutura da Polícia Civil paulista para gravar vídeos para a internet. A decisão foi tomada na última terça-feira (5).

De acordo com o MP, apesar de utilizar o aparato policial do estado, Da Cunha não se apropriou de bens públicos. Segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo, a investigação sobre o delegado prossegue em relação a denúncias de abuso de autoridade e violação de sigilo funcional.

Em sua conta nas redes sociais, Da Cunha comemorou a decisão e afirmou que essa foi a “primeira batalha vencida, venceremos todas! A verdade prevalecerá”.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

Por Favor, ajude-nos a manter esse site no ar. Retire o bloqueador de anúncios.