NotíciasPolítica

José Dirceu coloca os pés no Congresso depois de 19 anos e 4 prisões por corrupção

A última vez em que o petista esteve no Congresso Nacional foi em 2005, quando teve o seu mandato cassado pelo plenário da Câmara

Nesta terça-feira, 2, numa tentativa de recuperação política, o ex-ministro José Dirceu retornou ao Congresso Nacional para uma sessão solene sobre a democracia. Esta é a primeira vez que o petista, condenado pelo mensalão e em desdobramentos da Operação Lava Jato, adentra o prédio legislativo depois de uma pausa de 19 anos.

De acordo com o petista, ele esteve pela última vez no Congresso Nacional em 2005, quando seu mandato foi cassado pelo plenário da Câmara durante o escândalo do mensalão. A reaparição do ex-ministro no local foi a convite dos organizadores da sessão especial e do Conselho do Senado, que organizou um dos livros lançados no evento.

O líder do governo no Congresso e presidente da sessão, senador Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), proclamou a presença do ex-ministro entre aplausos no plenário do Senado.

“Destaco e agradeço a presença, nesta mesa, deste companheiro, que agradeço a Deus a possibilidade de, na minha formação política, ter sido um dos formadores dos melhores momentos do Partido dos Trabalhadores. Meu querido José Dirceu de Oliveira e Silva, ex-deputado federal, militante político da resistência à ditadura entre os anos de 1960 e 1970. Zé é uma honra, para nós, ter você conosco”, disse Randolfe.

2 Comentários

  1. Só um imbecil homenageia José Dirceu! Condenado, não se sabe por que está fora da cadeia e nem como pode ser aceite como cidadão. É uma vergonha!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo