EconomiaNotíciasPolítica

IBGE registra queda dos preços pelo 2º mês seguido

Os cálculos que formam o IPCA mostram deflação de 0,36%

Calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) registrou o segundo mês de queda dos preços em agosto. A deflação ficou em 0,36%. O órgão divulgou o resultado nesta sexta-feira, 9.

De acordo com o IBGE, o desempenho de agosto do IPCA ocorreu em meio a “continuidade da queda nos preços dos combustíveis”. No mês anterior, o indicador ficou negativo em 0,68%. Desse modo, o índice acumula alta de 4,39% ao longo de 2022.

No acumulado dos últimos 12 meses, o resultado é a alta de 8,37%. Ou seja: 1,34 ponto porcentual menos que os 10,07% em igual intervalo um ano antes. “Em agosto de 2021, a variação havia sido de 0,87%”, informa o instituto.

Entre os novos segmentos analisados pelo IBGE, o melhor resultado ocorreu em transportes e comunicação, com as quedas de preços de 0,72% e 0,06%, respectivamente. O setor de saúde e cuidados pessoais teve o pior resultado (alta de 0,17%), seguido de vestuário (+0,08%). Nos demais itens não houve elevação maior que 0,05%.

A maior parte das capitais analisadas pelo IBGE na pesquisa do IPCA apresentaram queda nos preços. O destaque ficou para Belo Horizonte, com deflação de 1,25%.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

Por Favor, ajude-nos a manter esse site no ar. Retire o bloqueador de anúncios.