Notícias

‘Há um prazo para os resultados de 7 de setembro acontecerem’, diz Zé Trovão

Em novo vídeo, caminhoneiro disse confiar no presidente Jair Bolsonaro

Neste domingo (19), o caminhoneiro Marcos Gomes, mais conhecido como Zé Trovão, divulgou um novo vídeo nas redes sociais para esclarecer notícias diversas que circulam pela web. Na gravação, ele disse confiar no presidente Jair Bolsonaro e afirmou que há um “prazo” para os resultados das manifestações do dia 7 de setembro acontecerem.

A gravação foi compartilhada nas redes sociais pela deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) e começa com Zé Trovão elogiando Bolsonaro e explicando que o presidente vai fazer acontecer aquilo “que foi acordado”.

– Presidente Jair Messias Bolsonaro, eu te respeito, te admiro. O senhor é um grande homem e estou do seu lado. Vou respeitar até o último segundo o que foi acordado. Aquilo que o senhor nos prometeu, tenho certeza que o senhor vai cumprir, porque o senhor que é um grande estadista e vai fazer acontecer – ressaltou.

Na sequência, o caminhoneiro negou ser representado por um advogado de Minas Gerais que chegou a fazer um vídeo na frente do Senado. Então, ele falou sobre uma paralisação marcada para ocorrer no dia 26.

– Se esta paralisação acontecer, garanto a vocês que não tem nada a ver com o que aconteceu em 7 de setembro, porque as pessoas que estão chamando essa greve foram contrárias a 7 de setembro, porque, segundo eles, são apenas caminhoneiros, e não brasileiros. Segundo eles, não tinha nada a ver com caminhoneiro […] Quando convocamos isso, era para lutar pela nossa democracia. Fizemos isso ordeiramente e acho que alcançamos muita coisa. Temos que aguardar os resultados. Isso tem prazo para acontecer e eu respeito até o último segundo do prazo – destacou.

Por fim, Zé Trovão disse que, em breve, estará de volta “lutando e trabalhando” por todo o Brasil.

– Não vamos consertar o Brasil do dia para noite. Mas eu garanto que, com trabalho honesto, a gente vai alcançar nossos objetivos. Eu estou de mãos atadas até o momento, mas, em breve, estarei de volta, lutando e trabalhando não só a favor dos caminhoneiros, mas de todo o Brasil – apontou.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

Por Favor, ajude-nos a manter esse site no ar. Retire o bloqueador de anúncios.