EconomiaEconomiaNotíciasPolíticaPolítica

Governo federal arrecada R$ 38 milhões com leilão de três portos

Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas foi a São Paulo para acompanhar mais uma rodada de privatizações

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, foi à bolsa de valores de São Paulo na última sexta-feira, 13, acompanhar mais uma rodada de privatizações no país.

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários arrendou três portos: terminais para movimentos de carga em Santana, no Amapá; Fortaleza, Ceará e Salvador, na Bahia. Apenas a área do porto de Salvador teve concorrência.

O maior lance foi de R$ 15 milhões, mas, com a disputa por viva-voz, chegou-se ao valor de arremate por R$ 32 milhões, com a Intermarítima Portos e Logística sagrando-se vencedora. A área vai ser arrendada por dez anos e será utilizada para a movimentação de carga geral, projetos e contêineres.

A região do porto de Santana, no Amapá, que serve para movimentação de sólidos vegetais, especialmente farelo de soja, teve proposta única de R$ 6 milhões da empresa Caramuru. O contrato de exploração vale por 25 anos.

Em Fortaleza, o terminal foi arrematado por R$ 1 milhão pela empresa Tergran, que também terá prazo contratual de 25 anos.

Os leilões

O ministro Tarcísio destacou que o governo federal realizou 74 leilões em dois anos e meio, com R$ 80 bilhões de investimentos contratados. “Eles [críticos] falam que é pouco, mas, parando para pensar que o nosso orçamento anual é de R$ 6,5 bilhões, é bastante coisa”, afirmou. “Estamos nos preparando para uma temporada de grandes leilões que virão na sequência.”

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

Por Favor, ajude-nos a manter esse site no ar. Retire o bloqueador de anúncios.