Gilmar Mendes Diz Que Não Acredita Em Anistia Ou Reversão Da Inegibilidade De Bolsonaro: “Acho Muito Difícil”

Ministro do STF, Gilmar Mendes, duvida de avanço em propostas de anistia para Bolsonaro em entrevista à CNN Portugal
Gilmar Mendes Gilmar Mendes
Gilmar Mendes

Ministro do STF, Gilmar Mendes, duvida de avanço em propostas de anistia para Bolsonaro em entrevista à CNN Portugal

Na segunda-feira (24), em uma entrevista à CNN Portugal, Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal, expressou sua descrença no progresso de propostas legislativas para anistiar o ex-presidente do Brasil, (PL).

O ex-presidente foi cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral em 2023 por suposto “abuso de poder político” e “uso indevido dos meios de comunicação” por reunião convocada com embaixadores.

Gilmar Mendes disse na entrevista que às vésperas de eleições municipais é natural que haja esse tipo de “diálogo retórico, desse diálogo político”.

“Não acredito que haja clima no Brasil para um debate sobre anistia diante da gravidade dos fatos que ocorreram”, afirmou o ministro do STF

O magistrado ainda disse ver pouca chance de o Supremo reverter a decisão que tornou o ex-presidente inelegível até 2030: “Acho muito difícil. Vamos aguardar a deliberação do tribunal, mas tudo tende a manter a decisão que já foi tomada, essa tem sido a rotina em casos semelhantes”.


3 comments
  1. Por ter se reunido com embaixadores.Tenha santa paciência .E o larápio condenado em três instâncias não está aí?

  2. OOOO. BOCA DE SAPO vcs mesmo ai da casa de livrar traficante ,lula que estava preso por vcs mesmo e foi liberado,Agóra te pergunto quanto vcs recebeu de lula para soltar e botar ele Como presidente A tem um vidio que vc nesmo fala que o PT tem dinheiro para governar at 2038 Aonde ele arrumou tattoo dinheiro assim em me responding Mother fock Vcs São tão ladrão como lula

  3. Escuta aqui, seu Gilmar, desde quando um juiz ou ministro tem o direito de ficar dando entrevista, principalmente, adiantando resultados de julgamentos? É por isso que o teu tribunal, agora, se escreve assim: stf.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *