NotíciasPolítica

Gilmar Mendes diz para Moro: “Você e Dallagnol roubavam galinha juntos”

Reunião entre Sergio Moro e Gilmar Mendes no STF destaca reviravolta política na Operação Lava Jato

O encontro de Sergio Moro e Gilmar Mendes na última terça-feira no STF ressaltou a alteração de postura de Moro e a mudança política dos participantes da Operação Lava Jato. O diálogo, facilitado pelo senador Wellington Fagundes, teve aproximadamente 90 minutos de duração, período no qual Moro rejeitou qualquer comportamento ilegal associado à sua administração na 13ª Vara de Curitiba e ao comando da Lava Jato.

“Você e Dallagnol roubavam galinha juntos. Não diga que não, Sergio”, disse Gilmar, que a todo o tempo foi tratado de “ministro” e “senhor” por Moro, a quem preferia responder simplesmente por “Sergio” e “você”.

Moro procurou se afastar de Deltan Dallagnol, declarando que não possui laços com o ex-procurador. Em contrapartida, Gilmar Mendes questionou Moro sobre as colaborações com Dallagnol expostas pela Vaza Jato. O debate também focou na conexão de Moro com Marcelo Bretas e Paulo Guedes, sendo que este último convidou Moro para integrar o ministério de Bolsonaro.

Moro reafirmou sua deferência ao Supremo e trouxe à tona seu desligamento de Bolsonaro em 2020, sem mencionar seu subsequente apoio ao ex-chefe de Estado. Gilmar Mendes apontou a falta de conhecimento jurídico de Moro, incentivando-o a ampliar seus estudos. A despeito das discordâncias, ambos concordaram em manter um canal de comunicação aberto. Posteriormente à reunião, Moro assistiu ao julgamento de sua cassação no Paraná, que resultou em um empate.

Artigos relacionados

6 Comentários

  1. Puro deboche ao senador e ao estado que este representa. Mas o senador se humilhar, o que ele fez de errado, se foi sobre a cassação, o presidente Lula, parece haver dado a senha. O fato é: se não for cassado (já que foi pedir socorro), ficará devendo e no senado, será um senador de recados. Para o estado o melhor agora é a cassação e nova eleição.

  2. Cada um vende o que tem a mão. Alguns tem um melhor rendimento, por ter material de difícil acesso.

  3. Que vergonha moro, tratar o militante Gilmar de sr e excelência e ele o tratar como qq, se humilhando assim é vc que um dia o brasileiro o viu como herói, eu tb sinto vergonha apesar de sempre ter um pé atrás com vc e companhia, pois de um jeito ou de outro apesar de formas oportunistas e políticas vc e companhia pos na cadeia um bando de corruptos e ladroes

  4. Apoio totalmente a Lava Jato,houve mais acertos que erros. O endeusamento de Moro,com sua arrogância aflorada,seus trejeitos de “super herói “,culminando com a traição a Bolsonaro,me decepcionou esse Juíz tucano. Os mesmos sentimentos,relacionados a Moro,estendo a Mourão,aliás ,o Generaléco, nunca me convenceu com sua falsa lealdade,ambos não se reelegem,o”eleitor” ajuizado,acordou. Pra arrematar,penso que sua cassação será necessária, quem sabe ele aprende.

  5. Voltando ao assunto,Gilmar Mendes,”boca de caçapa”,junto de seus pares formam uma quadrilha nefasta e demoníaca,nem o Belzebu os quer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo