NotíciasPolítica

Em junho, dono da CNN Brasil defendeu o tratamento precoce

Nesta sexta-feira, o jornalista Alexandre Garcia foi desligado da emissora por defender tratamento precoce contra Covid-19

Nesta sexta-feira (24), o jornalista Alexandre Garcia foi demitido da CNN Brasil. Por meio de nota, a emissora explicou que o profissional teve o contrato rescindido por defender o tratamento precoce contra a Covid-19.

– A CNN Brasil comunica que rescindiu o contrato com o jornalista Alexandre Garcia nesta sexta-feira (24). A decisão foi tomada após o comentarista reiterar a defesa do tratamento precoce contra a Covid-19 com o uso de medicamentos sem eficácia comprovada – diz a nota da CNN.

No entanto, em junho de 2021, em uma publicação nas redes sociais, o dono da CNN Brasil, Rubens Menin, defendeu o tratamento precoce para a Covid-19 e disse não entender a lógica de “retardar qualquer tratamento”. Para o empresário, quanto antes se começar a tratar as doenças, melhor o resultado.

– Mesmo para leigos como eu, parece bastante óbvio, quanto mais cedo começarmos um tratamento médico de qualquer doença, inclusive COVID, melhores serão os resultados”, escreveu o empresário. Não entendo a lógica que alguns defendem , em retardar qualquer tratamento. Imagino que as chances serão menores – apontou.

Em outro comentário, Menin defendeu a necessidade de “despolitizar a saúde”.

– Perfeito Rafael. Existem muitos medicamentos que minimizam os danos da COVID. Apesar de não existir cura, alguns tratamentos trazem resultados. Hospitais de renome tem protocolos que reduzem a mortalidade em relação a media nacional. Precisamos despolitizar a saúde – completou.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

Por Favor, ajude-nos a manter esse site no ar. Retire o bloqueador de anúncios.