Notícias

Em dia marcado por rumores, Bolsonaro fala em ‘confiança absoluta’ em Guedes

Presidente acrescentou que seu governo não fará ‘nenhuma aventura’ na economia

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira, 22, que tem “confiança absoluta” no ministro da Economia, Paulo Guedes, e acrescentou que seu governo não fará “nenhuma aventura” na economia.

Em dia marcado por especulações sobre a permanência de Guedes no governo, o presidente Jair Bolsonaro fez um aceno a ele e foi ao Ministério da Economia e, após uma reunião, falou com a imprensa demonstrando apoio ao ministro.

Guedes pontuou que não chegou a pedir demissão nem Bolsonaro falou em demiti-lo. Os dois voltaram a defender que o Auxílio Brasil, programa que vai substituir o Bolsa Família e o auxílio emergencial, seja de R$ 400 até o fim de 2022, ano eleitoral.

“Deixo claro a todos os senhores: esse valor decidido por nós tem responsabilidade. Não faremos nenhuma aventura. Não queremos colocar em risco nada no tocante à economia”, disse Bolsonaro.

A equipe econômica defendia que ficasse em R$ 300, para se encaixar dentro do teto. Diante disso, Guedes passou a defender duas opções: ou que R$ 30 bilhões fiquem fora do teto, ou que se faça uma revisão na regra, o que só estava previsto para 2026.

As possíveis alternativas não agradaram nem ao mercado nem a integrantes da equipe econômica. Ontem, pediram demissão o secretário do Tesouro e Orçamento, Bruno Funchal, o secretário do Tesouro Nacional, Jeferson Bittencourt, e os seus secretários-adjuntos.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

Por Favor, ajude-nos a manter esse site no ar. Retire o bloqueador de anúncios.