NotíciasPolítica

Damares confirma que deixará ministério para disputar eleição

Expectativa é de que a ministra seja mesmo candidata ao Senado pelo Amapá

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, confirmou que irá deixar a pasta chefiada por ela para disputar um cargo nas eleições de outubro deste ano. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (23) durante um evento em Belém, no Pará.

– Por que eu estou aqui no meio de março e a gente correu tanto? Primeiro, porque eu vou me desincompatibilizar. Eu não serei candidata no Pará, mas eu serei em algum lugar – disse.

Apesar de não afirmar categoricamente qual deve ser o estado da federação pelo qual ela deve concorrer nas eleições, nem para qual cargo se candidatará, a ministra mandou um recado para o Amapá. Nos últimos meses, o nome de Damares tem sido cogitado como concorrente ao Senado pelo estado.

– Cuidado, Amapá, eu estou chegando! – ressaltou.

Caso seja confirmada a candidatura a senadora pelo estado da Região Norte, a ministra deve encontrar um forte embate contra o ex-presidente do Senado, Davi Alcolumbre (União Brasil-AP). Recentemente, diversos veículos noticiaram que Alcolumbre estaria articulando nos bastidores para que a ministra não consiga se filiar a partidos maiores, como o PL, Republicanos e PTB.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

Por Favor, ajude-nos a manter esse site no ar. Retire o bloqueador de anúncios.