Notícias

Com 273 votos, Câmara volta com quarentena a PMs e juízes

Medida havia sido derrubada na semana passada, mas deputado voltaram com dispositivo ao texto do Código Eleitoral

Na noite desta quarta-feira (15), a Câmara dos Deputados aprovou a inclusão de uma quarentena eleitoral para magistrados, procuradores, policiais e militares no texto do novo Código Eleitoral. A medida havia sido derrubada na semana passada, mas uma articulação do presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), trouxe de volta o mecanismo ao texto.

O placar final da votação terminou em 273 votos a favor, 211 contrários e três abstenções. No total, a volta da quarentena contou com o apoio de lideranças do MDB, PSDB, PSD, PL, PCdoB, Cidadania, Avante, DEM, PT e Republicanos.

A medida voltou ao texto por meio de uma emenda aglutinativa, protocolada pelo líder do PT na Casa, Cacá Leão (PP-BA).

A inclusão da quarenta foi criticada nas redes sociais pelo deputado cabo Junio Amaral.

– 273 x 211. Numa manobra descarada, Câmara aprova a PROIBIÇÃO a Policiais, Juízes e promotores de serem candidatos. Mais de 1 milhão de pessoas no Brasil têm seus direitos políticos cassados, por terem credibilidade. Democracia, hein – escreveu.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

Por Favor, ajude-nos a manter esse site no ar. Retire o bloqueador de anúncios.