NotíciasPolítica

Carla Zambelli pede investigação sobre interferência de Janja no caso Robinho

Jornal O Globo afirmou que a primeira-dama teria pressionado o relator do processo contra o ex-jogador no STJ

A deputada federal Carla Zambelli (PL-SP) solicitou ao Ministério Público Federal (MPF) que investigue a primeira-dama Rosângela da Silva, conhecida como Janja, por suposta interferência no caso envolvendo o jogador Robinho. O pedido da parlamentar se deu nesta segunda-feira, 1º.

Segundo Zambelli, Janja teria exercido pressão sobre o relator do caso para que o ex-atleta fosse detido. A informação sobre a suposta interferência de Janja a favor da prisão de Robinho foi divulgada no último fim de semana pelo colunista Lauro Jardim, de O Globo.

Conforme o jornalista, a primeira-dama teria contatado o relator do caso Robinho no Superior Tribunal de Justiça (STJ), Francisco Falcão. A ligação, ainda de acordo com o profissional de O Globo, seria pressionar o magistrado a determinar a prisão do ex-jogador de futebol, que foi condenado por estupro coletivo na Itália.

Em 20 de março, o STJ decidiu, por 9 votos a 2, que Robinho deveria cumprir no país a pena de nove anos à qual foi condenado na Itália por estupro. Falcão votou a favor da execução da pena no Brasil. O ministro destacou que não há impedimentos constitucionais ou legais para a homologação da sentença.

Falcão ressaltou que a não homologação da sentença representaria um sério descumprimento dos compromissos internacionais assumidos pelo Brasil com o governo da Itália. Além disso, o magistrado alegou que a manutenção da liberdade do ex-jogador prejudicaria os direitos fundamentais da vítima.

Robinho foi preso na noite de 21 de março. Autoridades o levaram para o Presídio de Tremembé, no interior paulista.

Caso Robinho: a ação de Carla Zambelli contra Janja

A ação de Carla Zambelli junto ao MPF em relação a Janja ocorre depois do conteúdo de O Globo. A deputada busca esclarecimentos sobre a conduta de Janja no caso, levantando a possibilidade de irregularidades que envolvem coação no curso do processo e tráfico de influência.

A investigação solicitada visa esclarecer os fatos e garantir a transparência no desenrolar do caso. As informações são da Revista Oeste.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo