NotíciasPolítica

Bolsonaro: “Sou um paralelepípedo no sapato da esquerda”

Ex-presidente discursou em evento de pré-candidatura de Ramagem à Prefeitura do Rio

No evento que promoveu o deputado federal Alexandre Ramagem como pré-candidato à Prefeitura do Rio de Janeiro no último sábado (16), o ex-presidente (PL) fez uma comparação de si mesmo como um “paralelepípedo” no sapato da esquerda durante seu discurso.

Durante aquele momento, o antigo líder do Executivo insinuou que foi por essa razão que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o considerou inelegível.

“Eu sou um paralelepípedo no sapato da esquerda. A Venezuela torna seus opositores inelegíveis, a Nicarágua prende os opositores. No Brasil, me tornaram inelegível por quê?”

Ele afirmou que a reunião que realizou com embaixadores para questionar o sistema eleitoral – razão pela qual o TSE se baseou para a determinação – é de “competência privativa do presidente da República”.

“Não ia me reunir com traficantes em uma comunidade por aí. No palanque do 7 de setembro, tinha ao meu lado um empresário, que paga milhões por ano de imposto. Queria que estivesse do meu lado quem? A dona do tráfico?”

Bolsonaro também fez elogios a Ramagem, ex-diretor da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), afirmando que ele realizou um “excelente trabalho”.

Finalmente, o antigo líder do Planalto afirmou que o Rio de Janeiro requer um prefeito que forme seu secretariado não baseado em “interesses políticos”, mas sim nas demandas da população.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo