NotíciasPolítica

Barroso é hostilizado no Shopping Leblon

Mulher interpelou o ministro do Supremo Tribunal Federal sobre as manifestações de 7 de Setembro e o chamou de ‘sem-vergonha’

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi hostilizado no Shopping Leblon (RJ), na quinta-feira 8. Uma mulher aproxima-se do juiz do STF e o interpela sobre as manifestações do 7 de Setembro.

“A vida está difícil para o senhor, né?”, pergunta. “Cheio de seguranças no Shopping Leblon. Esquerda caviar.” Na sequência, a mulher ironiza o magistrado: “A data foi difícil para o senhor? As ruas estavam vazias. Sem-vergonha”. Um dia antes, milhões de pessoas lotaram a Avenida Atlântica em defesa das liberdades e em apoio ao governo do presidente Jair Bolsonaro.

Visivelmente constrangido, Barroso muda de percurso e sai por uma porta. Em um vídeo gravado pela manifestante, é possível ver vários seguranças ao redor do ministro, que dificultam a aproximação da mulher, que não se intimida.

Não é a primeira vez que Barroso se torna alvo de protestos. No fim de junho, ao sair de um evento em Florianópolis, o juiz do STF foi chamado de “mentiroso, bandido e vagabundo” por um coro de pessoas do lado de fora.

Dias antes, um homem chamou o juiz do STF de “demônio” na Universidade de Harvard, onde Barroso fizera uma palestra a convite de alunos brasileiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

Por Favor, ajude-nos a manter esse site no ar. Retire o bloqueador de anúncios.