NotíciasPolítica

Ato contra Bolsonaro reuniu 6 mil pessoas, diz governo de SP

‘Fracasso’ chega a ser maior do que os protestos da esquerda no 7 de setembro

De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), a manifestação promovida pelo Movimento Brasil Livre (MBL) contra o presidente Jair Bolsonaro, na Avenida Paulista, reuniu cerca de seis mil pessoas. O cálculo é feito com o uso de imagens das aéreas e mapas da extensão da avenida, bem como de áreas próximas.

O baixo número não chega a ser sequer à metade do número de manifestantes que compareceram aos protestos da esquerda no último 7 de setembro, no Vale do Anhangabaú, também em São Paulo. O total foi de 15 mil pessoas, segundo informações da Polícia Militar. A soma dos dois atos, fica muito aquém dos 125 mil apoiadores do presidente que lotaram a Avenida Paulista no feriado da Independência.

A baixa adesão aos atos se deu em grande parte por uma “disputa” entre os próprios organizadores: o MBL e o Vem Pra Rua. Defendendo uma terceira via para a política brasileira, muitos grupos da própria esquerda rejeitam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

Por Favor, ajude-nos a manter esse site no ar. Retire o bloqueador de anúncios.