NotíciasPolítica

Aprovação de Tarcísio passa de 70% em Santos depois de operação da PM

A informação foi divulgada pela Paraná Pesquisas, na quinta-feira 14

A Paraná Pesquisas revelou na quinta-feira 14 que a aprovação do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) do Estado de São Paulo na cidade de Santos aumentou. Foi de pouco mais de 60% em dezembro de 2023 para pouco mais de 70% em março deste ano.

O período é o mesmo em que a Operação Verão avançou no município. A operação já deixou 47 mortos e é alvo de críticas por um possível excesso de violência policial. O levantamento mostrou que a ação não influenciou na queda de popularidade da gestão Tarcísio e pode estar fazendo com que a aprovação dele cresça no município.

Além de medir a aprovação do governador de São Paulo, o estudo calculou o impacto que o apoio de Tarcísio e do ex-presidente teria no município nas eleições deste ano.

25,1% dos entrevistados disseram que “com certeza” votariam em um candidato apoiado por Tarcísio. Enquanto 25,8% disseram que iriam aderir ao nome caso o apadrinhamento fosse de Bolsonaro.

Em paralelo, 40,5% da população de Santos informou que “poderia votar” em um candidato apoiado por Tarcísio para a prefeitura. Já um nome apoiado por Bolsonaro teria a adesão de 25,4%. Assim, o apoio do governador poderia influenciar 65,6% dos eleitores locais, e o de Bolsonaro 51,2%.

No principal cenário estimulado na eleição municipal em Santos, a deputada federal Rosana Valle (PL) lidera com 36,1% dos votos, seguida pelo atual prefeito Rogério Santos (Republicanos), com 27%.

A pesquisa realizada pela Paraná Pesquisas aconteceu entre 3 e 13 de março de 2024. Foram entrevistadas 800 pessoas de forma presencial, com 16 anos ou mais, na cidade de Santos. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais, para mais ou para menos.

O intervalo de confiança é de 95%. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral com o número SP-07755/2024, custou R$ 40 mil e foi pago com recursos do diretório do PL em Santos. As informações são da Revista Oeste.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo