NotíciasPolítica

Após denúncia, governo publica portaria para liberar caminhões com doações ao RS

A medida ainda isenta do pagamento de pedágio os veículos oficiais envolvidos no atendimento à população gaúcha

Após uma denúncia, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), sob o governo Lula, emitiu uma portaria para isentar os caminhões que transportam doações para o Rio Grande do Sul da fiscalização nos postos de pesagem das rodovias concedidas. A ação foi divulgada no Diário Oficial da União na quinta-feira, dia 16.

De acordo com a portaria, “a simples declaração verbal do motorista será suficiente para a liberação do veículo pelo fiscal”.

A medida também isenta os veículos oficiais envolvidos no auxílio à população atingida pela tragédia no Rio Grande do Sul e os caminhões com veículos oficiais anexos que transportam doações do pagamento de pedágio.

Flexibilização no transporte

A ANTT também tornou mais flexível a frequência, os pontos de embarque e desembarque e a adesão ao quadro de horários para as linhas de transporte rodoviário interestadual e internacional que têm origem ou destino no Estado.

A “prévia análise da ANTT quanto à sua segurança e à adequabilidade ao enfrentamento da calamidade pública” será realizada antes da flexibilização dos pontos de embarque ou desembarque, como esclareceu o órgão federal.

As ações permanecerão efetivas pelo tempo que o estado de calamidade pública, declarado pelo governo do Rio Grande do Sul e pelo Congresso Nacional, durar ou até que a ANTT opte por revogar as resoluções.

As intensas precipitações no Rio Grande do Sul resultaram em pelo menos 150 fatalidades e impactaram aproximadamente 2,1 milhões de indivíduos. As informações são da Revista Oeste.

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. Cadê as pessoas que falaram que eram fake news, que eram mentiras que a ANTT estava multando os caminhões com mantimentos para o RS? Ex-jogador Neto, apresentador da Record Eleandro Passaia e tantos outros, não vão falar que estavam enganados?

  2. Cadê os canalhas que diziam que era mentira? Fake news quem fez foram os políticos esquerdistas, Cadê a lei prá prender os mentirosos e multar?
    Cadê os bandidos, assassinos que estavam presos nessas cidades? Foram transferidos para algum hotel 5 estrelas ou soltos para fazer saques nas casas e estuprar crianças em abrigos?
    Não vem dizer que é mentira ou será que foram transferidos para o ministério dos direitos humanos dos manos?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo