Notícias

Após convite com tanques, Jair Bolsonaro vai à operação militar

Presidente participou da Operação Formosa nesta segunda-feira e chegou até a efetuar um tiro de artilharia

O presidente da República, Jair Bolsonaro, e uma comitiva de ministros participam, na manhã desta segunda-feira (16), da Operação Formosa, um treinamento militar que ocorre anualmente na cidade goiana de mesmo nome. O convite para o evento foi entregue ao chefe do Planalto após um desfile de blindados na Praça dos Três Poderes na última terça-feira, dia 10.

Durante a operação, organizada pelas Forças Armadas, Bolsonaro e o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, chegaram a dar um tiro de artilharia. Também estiveram presentes no evento o ministro da Defesa, Walter Braga Netto; do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno; da Saúde, Marcelo Queiroga; e do Turismo, Gilson Machado.

A Operação Formosa existe desde 1988 e serve para preparar os fuzileiros navais, militares da Marinha especializados em missões em terra e em alto-mar. Este ano, o treinamento é conjunto, com a participação das três Forças Armadas, e conta com 2.500 militares utilizando meios e armamentos com munição real.

Para a operação, a tropa estuda uma situação fictícia em que é preciso conquistar um território dominado por forças inimigas, com as peculiaridades de um ambiente real. Após as articulações teóricas, eles partem para a prática, com o uso de diferentes meios: helicópteros, aviões, veículos blindados de combate, além de armamentos de longo alcance com munição real.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

Por Favor, ajude-nos a manter esse site no ar. Retire o bloqueador de anúncios.