NotíciasPolítica

Alvo da PF, Otoni diz que povo vê STF como maior problema do país

Deputado é crítico frequente das decisões tomadas por ministros da Suprema Corte

Crítico frequente dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), o deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) foi alvo, nesta sexta-feira (20), de uma decisão do ministro Alexandre de Moraes, que determinou o cumprimento de mandados de busca e apreensão contra ele e outras nove pessoas, incluindo o cantor Sérgio Reis.

As falas enérgicas do parlamentar contra os ministros, especialmente contra Moraes, já chegaram até a render um processo contra ele em razão de suas declarações. Em entrevista concedida ao Pleno.News, em abril deste ano, Otoni falou sobre as críticas que têm feito aos membros da Corte e chegou até a dizer que o povo considera o STF como o “maior problema do Brasil”.

– Se você hoje for fizer uma pesquisa com 10 brasileiros e perguntar a eles qual é o maior problema do país hoje, sete vão lhe dizer: “É o STF”. Portanto, a Suprema Corte já perdeu o crédito por ela própria, não é porque alguém xingou, não é porque alguém falou, não é porque alguém disse, é porque eles [os ministros] se desmoralizam a cada decisão, a cada fala, a cada postura – disse o deputado.

Em uma live feita no Facebook na manhã desta sexta-feira (20), após a saída dos agentes da Polícia Federal (PF) de sua residência, Otoni declarou que Moraes tem tido um “comportamento autoritário” e afirmou que as buscas determinadas contra ele pelo ministro não vão fazê-lo mudar de posicionamento.

– O ministro Alexandre de Moraes tem tido um comportamento autoritário e já adjetivei ele como um déspota. Acha que tem autoridade para prender todos aqueles que tem que prender. Ele acha que tem – completou.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock Detectado

Por Favor, ajude-nos a manter esse site no ar. Retire o bloqueador de anúncios.