NotíciasPolítica

Alexandre de Moraes diz que urnas eletrônicas são “orgulho nacional”

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, disse que as urnas eletrônicas são “orgulho nacional”.

Moraes fez um breve discurso na terça-feira (14), durante o encerramento da sessão de julgamentos da Corte, em comemoração aos 28 anos do sistema eletrônico, conforme a declaração.

Moraes afirmou que as urnas foram introduzidas como uma solução para as fraudes observadas nas eleições de 1994, período em que o voto era realizado em cédulas de papel.

Moraes enfatizou que o “são três décadas de aperfeiçoamento do sistema eletrônico no Brasil, desse sistema que, eu sempre faço questão de repetir, é orgulho nacional no avanço e concretização da democracia no Brasil”. Ele destacou isso enquanto o TSE está na fase final do teste de confirmação das urnas eletrônicas.

Esta não é a primeira vez em que o ministro defende a infalibilidade das urnas.

No ano passado, em agosto, Moraes fez uma palestra em um evento organizado para estudantes do Curso de Pós-Graduação em Direito Eleitoral e Processual Eleitoral da Escola Judiciária Paulista (Ejep), em São Paulo. Ele afirmou que o TSE não deve permitir críticas às urnas a fim de assegurar a “democracia”.

Moraes permanecerá na presidência do TSE até junho, mês em que a ministra e atual vice-presidente do Tribunal, Cármen Lúcia, é esperada para assumir o cargo.

Espera-se que a ministra continue o percurso traçado por Moraes à frente da Corte eleitoral nos dois últimos anos.

Quando questionado sobre a sucessão do comando do TSE, Silmar Fernandes, presidente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), afirmou que a ministra Cármen Lúcia provavelmente vai garantir a “regularidade democrática” da Corte ao tomar posse da presidência. As informações são da Gazeta do Povo.

Artigos relacionados

5 Comentários

  1. De qual nação ele fala? Se for do Brasil, esse cidadão está redondamente enganado. Meus amigos e conhecidos no exterior vivem me sacaneando por aceitarmos essas urnas sem capacidade de fiscalização ou auditoria pós votações.

  2. Esse verme vai pagar seus crimes! Sua ficha está caindo! Vai ser condenado por traição à Pátria e cuja pena é fuzilamento!

  3. Realmente, as urnas eletrônicas são interessantes, mas torná-las auditaveis, seria melhor ainda… Não é mesmo, Sr. Alexandre. Que medo você tem de nós?!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo