Acampamento do MST é invadido e casas são incendiadas

Incêndio atinge acampamento do MST na Paraíba
Acampamento Do MST É Invadido Acampamento Do MST É Invadido
Acampamento Do MST É Invadido

Incêndio atinge acampamento do MST na Paraíba

Um incêndio aconteceu no acampamento Canudos, do Movimento Sem Terra (MST), no município de Riacho de Santo Antônio, Paraíba, na noite de sábado (8). Conforme relatos das vítimas, o local foi invadido por quatro indivíduos armados e encapuzados, que expulsaram as famílias de seus lares, amarraram os adultos e provocaram o incêndio. Sete residências foram atingidas pelo fogo, com três delas sendo totalmente destruídas.

Os invasores apareceram aproximadamente às 20h30, se identificando como policiais. Logo na manhã seguinte, a Polícia Civil da Paraíba começou a investigar, descobrindo que o fogo foi proposital. Especialistas descobriram garrafas plásticas contendo gasolina, que provavelmente foram usadas para intensificar as chamas.

A investigação, conduzida pela delegada Suelane Souto, incluiu depoimentos de todas as vítimas presentes no acampamento durante o crime, abrangendo até mesmo crianças e um bebê de três meses. Já foi identificado e questionado um suspeito.

Na Paraíba, o MST informou que a ação teve duração aproximada de uma hora, período no qual os acampados observaram impotentes enquanto o fogo consumia suas moradias. Com o apoio da Polícia Militar, foi possível controlar o incêndio após a fuga dos criminosos.

Há uma década, o acampamento Canudos é o abriga de 56 famílias ligadas ao MST, que demandam a desapropriação do terreno da fazenda. Conforme informado por eles, a área de cerca de 3 mil hectares está “desocupada e sem produção”.

É válido salientar que, de acordo com relatos, os invasores do MST estão pressionados há cerca de dois anos, supostamente originadas de um gestor da fazenda. A Comissão Estadual de Prevenção à Violência no Campo está monitorando a situação.


1 comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *